Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Mongólia

mongolia

Brasil e Mongólia estabeleceram relações diplomáticas em 1987. A Embaixada brasileira em Pequim (China) é cumulativamente responsável por representar o Brasil junto à Mongólia. O Brasil mantém consulado honorário em Ulan Bator desde 2007, e a Mongólia conta com cônsul honorário em São Paulo desde 2005.

Em 2007, foi assinado o Memorando de Entendimento para o Estabelecimento de Mecanismo Regular de Consultas Políticas e realizada a primeira reunião desse mecanismo. A quinta sessão teve lugar em Ulan Bator, em setembro de 2018. Em seguimento às reuniões de consultas políticas, foram assinados, em 2015, quatro acordos nas áreas educacional, consular, esportiva e entre academias diplomáticas

Apesar de condições climáticas desafiadoras, a Mongólia apresenta elevado potencial para desenvolvimento agropecuário, o que cria oportunidades de cooperação com o Brasil. Em outubro de 2011, foi assinado o Memorando de Entendimento sobre Agricultura e Agroalimentação entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e o Ministério da Alimentação, Agricultura e Indústria Leve da Mongólia.

O comércio entre os dois países totalizou US$ 4,5 milhões em 2018, com exportações brasileiras no valor de US$ 4,25 milhões e importações de US$ 250 mil. O Brasil vendeu à Mongólia sobretudo pneumáticos, fumo manufaturado, doces e máquinas de perfuração. As vendas da Mongólia para o Brasil concentraram-se em fertilizantes.


Cronologia das relações bilaterais

2018 – V Reunião do Mecanismo Regular de Consultas Políticas, em Ulan Bator

2007 – Visita do secretário de estado da chancelaria mongol, Khasbazaryn Bekhbat. Estabelecimento do Mecanismo Regular de Consultas Políticas

2003 – Visita ao Brasil do primeiro-ministro Nambaryn Enkhbayar

1987 – Estabelecimento de relações diplomáticas

Fim do conteúdo da página